quinta-feira, 24 de junho de 2010

Das coisas que fazemos com (por) amor.

Eu acredito no amor e acho uma pena quando as pessoas vibram pra baixo, com inveja, com deboche, com ironias. Mesmo. Por que? Porque isso só azeda a vida de quem age assim. É uma lógica tão simples! Isso deve até engordar e dar mau hálito.

Tendo a levar minha vida querendo o bem pra todos, tipo aquele filme "a corrente do bem" (que eu nem vi, mas acho que é uma coisa mais ou menos assim... hahahahaha). Evidentemente, vocês que me conhecem já há algum tempo, sabem que tenho cabelinho nas ventas. Mas até estourar, eu demoro. Ô, se demoro.

Enfim, voltemos ao amor.

Conheci a Clarice dos tempos de faculdade, fazíamos estágio juntas na DPA, com as supervisoras mais loucas do pedaço que aprontavam mil confusões com uma turminha da pesada. Era um sofrimento constante o nosso. hehehehe.

Sabe aquela pessoa que a gente gosta de cara? Pois é, com a Cla foi assim. Gostei dela de cara. Não sei se fpoi por causa do semblante de paz ou por causa da voz doce ou por causa da postura sempre sensata. Não sei... Mas ela é daquele tipo de gente que quer todo mundo pra cima, todo mundo bem. Lembro que quando eu ainda insistia na carreira furada de psicanalista, ela vivia me dando altas dicas. Às vezes chorávamos nossas pitangas juntas também. Acontece, acontece!

Clarice quer todo mundo bem em ato, não com blablabla. Tão raro...

Bom, e hoje ela tá super bem na profissão (psicanálise foi uma furada pra mim apenas!). E tá casada com o Renato (que também é um querido!) e tchanããã, vem aí a Paloma. Palomita, pros íntimos E ela tá toda feliz. Não é de emocionar? Eu fico emocionada. Eu fico toda bobinha da silva mesmo! Quando a gente é generoso coma vida, ela paga a gente direitinho, tão vendo só? :D

Sábado passado foi o chá de bebê da Palomita e eu dei minha humilde contribuição!

Espero contribuir mais e mais e mais.




Renato ansioso já querendo fazer a cesariana.


Bem nascidos com um chá Paloma!



O baile todo!

2 comentários:

Clarice Palmeira disse...

AAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHH eu tô chorando aqui, mto emocionada!!!!!!
Que emoção ler sobre qdo te conheci, naquele tempo de DPA, realmente a gente sofria mto kkkk!
Olha, tudo o q vc disse sobre mim tb vale pra vc, eu tb gostei de vc de cara e pq tb não é do tipo de pessoa q vibra pra baixo, acho q o q mais me chamou atenção no início era o seu sorriso, aquele sorriso de gente sempre aberta ao outro, sorriso acolhedor, sorriso que convida a gente a ficar perto... Coisa rara hj em dia em q as pessoas andam tão desconfiadas e reticentes!!
Te adoro!!! E continuo querendo te ver mto, mto, mto bem pq vc merece!!
Bjsss

farinhademandioca disse...

Algumas pessoas são verdadeiros prêmios que a vida nos dá.